top of page
  • George Benson

Djassi Africa vai investir e acelerar 10 startups tecnológicas em Cabo Verde nos próximos 12 meses


Nota de Imprensa – 2 de Novembro de 2023


A Djassi Africa, entidade com sede no Reino unido que desenvolve, investe e escala startups tecnológicas Africanas e da diáspora, acaba de revelar o seu plano estratégico para Cabo Verde para os próximos 12 meses.


Até ao final de 2024, a Djassi Africa irá investir e acelerar 10 startups tecnológicas Cabo-verdianas com potencial disruptivo tanto a nível de Cabo Verde, como dos restantes PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa). Também estarão abrangidas startups da diáspora Cabo-verdiana na Europa e nos Estados Unidos da América que apresentem propostas de valor para o continente africano. O ecossistema de inovação e empreendedorismo digital de Cabo Verde tem apresentado índices de crescimento bastante favoráveis nos últimos três anos, sendo agora necessário projetar as startups do país a nível do continente africano, assim como no resto do mundo. A Djassi Africa pretende assim contribuir para a alteração deste paradigma.



A Djassi Africa está presente no mercado Cabo-verdiano desde 2020, tendo investido em diversas iniciativas de fomento do ecossistema de inovação e empreendedorismo digital do país, através de parcerias estratégicas com a Pro Empresa, Cabo Verde Digital e a Associaçao de Business Angels de Cabo Verde (ABAC). Durante este período, acima de 100 startups e projetos embrionários de base tecnológica, dos mais diversos setores, beneficiaram do apoio e acompanhamento da Djassi Africa. Esta exposição ao contexto particular de Cabo Verde vai permitir um enquadramento local das 10 soluções a serem aceleradas, mas sempre com um posicionamento global, sendo esta a base de atuação da Djassi Africa.



Relativamente aos setores estratégicos de atuação das startups a incluir o portefólio da Djassi Africa, a prioridade vai para Fintech (Pagamentos e Inclusão Financeira), Insurtech (Seguros), Cleantech (Clima & Energia), Mobilidade & Logística e Turismo Sustentável. Será estabelecido um alinhamento ao Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável de Cabo Verde (PEDS II), incorporando também outras tendências globais que se apliquem ao contexto local de Cabo Verde. O objetivo não é apenas acelerar startups tecnológicas, mas sim todo o ecossistema de inovação digital do país.


Este plano estratégico já se encontra em execução, estando a Djassi Africa a concluir o processo de integração das primeiras 3 startups que irão fazer parte do seu portefólio de Cabo Verde até ao final deste ano. Para a sua operacionalização, a Djassi Africa contará com a sua equipa de especialistas e diversos parceiros estratégicos locais e globais.


---------------------------------------------------------------

Contacto para mais informações:


Stephanie Spencer - Head of Partnerships & Operations

stephanie@djassiafrica.com

Comentários


bottom of page